Sobre

 
A psiquiatria é a disciplina médica que trata as perturbações e doenças mentais, e ainda, os constrangimentos e dificuldades inerentes ao longo da vida. Não obstante as variadas perspectivas teóricas e clínicas, a minha orientação profissional tem, nas últimas décadas, seguindo, rigorosamente, uma perspectiva bio-psico-social. Ou seja, a intervenção clínica que privilegio apoia-se, simultaneamente, na biologia/medicina, na psicologia e no familiar/social/cultural, relacionando estes três conjuntos de factores para realizar avaliações / diagnósticos, nos traumatismos, problemas de vida, e nas perdas, definir assim tratamentos adequados.
 
 
Comecei a exercer a especialidade no Internato Complementar de Psiquiatria, em 10 de Maio de 1983, no Hospital Júlio de Matos. Nos últimos 38 anos exerci a minha actividade profissional fundamentalmente no serviço público. Para além da actividade clínica, exerci também, funções organizacionais como Director Clínico do Hospital Júlio de Matos (2001 – 2004) e de formação como Director do Internato Complementar de Psiquiatria (2008 – 2014). Antes, de 1989 a 2012, estive envolvido na criação, dinamização e desenvolvimento da Psiquiatria Comunitária. Assim nasceu a Unidade Comunitária de Cuidados Psiquiátricos de Odivelas (UCCPO) e a Associação Comunitária de Saúde Mental de Odivelas (ACSMO). Desde a minha reforma em Abril de 2016 que me foco apenas na clínica privada com consultórios em Lisboa e Cascais.
 
Integro a teoria psicanalítica, a sistémica (teoria familiar) e o bios (neurociências). Sou natureza (humana) e relaciono-me com a natureza (os meus doentes), nunca separando a minha situação pessoal e posição de observador / interventor na vida.
joao_fernandes.image2